quarta-feira, 14 de junho de 2017

Pedro Fernandes está e não está com Temer

    Dos 17 deputados federais do PTB, partido da figura Roberto Jefferson, o detonador do mensalão, ao menos 15 estão com Temer. Jefferson manteve conversas com o presidente na véspera do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral. O deputado federal Pedro Fernandes não se manifesta pelo Fora Temer. Se mantém na moite.

    Fernandes empurra o filho, vereador Pedro Lucas Fernandes para substituí-lo na Câmara Federal.  As boas relações com o governador Flávio Dino guindaram o vereador para um posto de mobilidade política pequena, mas de grande densidade eleitoral. Pedro Lucas ocupa a presidência da Agência Metropolitana, uma espécie de secretaria para tratar de assuntos gerais com os prefeitos dos cinco municípios da ilha de São Luís, e mais alguns do continente. Flávio não está com Temer que está com Sarney. Com o deputado a situação é vice-versa.

    Pedro Fernandes tem o DNA dos Sarney. Foi secretário de Educação do último governo Roseana e não se indignou com as escolas que Dino colocou entre as prioridades do governo.  Com perfil de técnico - tem formação em engenharia - Fernandes espera ser finalmente atendido pelo governo federal para colocar seu nome na placa de inauguração do primeiro trecho da duplicação do BR-135. Ex-coordenador da bancada na Câmara,  o deputado petebista há anos anuncia a boa-nova. Justo dizer que esta tem sido uma das bandeiras do seus cinco mandatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário