terça-feira, 1 de agosto de 2017

"Dom Casmurro" encerra primeira temporada do Teatro de Vitrine

    
    Adaptação da obra homônima de Machado de Assis, a peça "Dom Casmurro", que conta a história de amor de Bentinho e Capitu, estará em cartaz na última semana da primeira temporada do Teatro de Vitrine, em São Luís. Os ingressos podem ser garantidos pela Bilheteria Digital e na bilheteria do Bumba Cultura.

    O espetáculo contará a história de amor de Bentinho e Capitu, que são criados juntos e se apaixonam na adolescência. Tudo segue bem até Bentinho começar a desconfiar da fidelidade de sua amada.

    O elenco é formado por Luan Paiva (Dom Casmurro/Bentinho), Leandro Vidal (Escobar), Nicole Meireles (Capitu). A direção é Sergio Helal, a sonoplastia de Sandoval Filho, iluminação de Thyago Cordeiro, figurino e coreografa Nicole Meireles Coreografia.

 
  "As pessoas vão se identificar com o espetáculo por se tratar de uma das maiores obras da literatura brasileira, lida por gerações e gerações. A obra trata de temas vividos por todos em algum momento da vida, amor, ciúmes, amizade e a suspeita de uma traição. Os personagens e as relações são muito bem construídas ao longo da trajetória, possibilitando ao espectador vivenciar a história junto aos atores", diz Nicole Meireles.

    A peça fica em cartaz na quinta (3), sexta (4) e domingo (5) de agosto. Quinta e sexta nos horários de 19h, 20h30 e 22h, e no sábado às 18h, 19h30 e 21h. A censura é de 12 anos.


    Dom Casmurro é a quarta e última peça em cartaz no Teatro de Vitrine, a nova forma de ir ao teatro em São Luís, onde o palco é uma loja de shopping, com apresentações pocket. Como parceiros diretos, o TDV conta com A Bumba Cultura, o Shopping da Ilha, a Sotaque Filmes e o Volts Group. 

Sobre o Teatro de Vitrine
    Surgido para preencher uma lacuna em espaços culturais na cidade, com o fechamento dos espaços de teatro para reformas, e aliado com o poder de criatividade mesmo em tempos de crise, o Teatro de Vitrine chega a São Luís com uma proposta inédita na cidade: transformar uma loja de shopping em um recinto cênico. O projeto foi inspirado em uma franquia internacional, a Microteatro, e em um projeto de fins educativos, o Student Directed Plays. Participante destes projetos durante sua estadia nos Estados Unidos, o ator e criador do Teatro de Vitrine, Al Danuzio, teve a ideia de criar um modelo semelhante de distribuição de espetáculos em São Luís.

Sobre Al Danuzio 
    Al Danuzio é Bacharel em Atuação para Cinema pela New York Film Academy (Los Angeles, Estados Unidos) e faz teatro há 19 anos. Com experiência em produção, atuação, roteiro, e direção, além de ter trabalhado em novelas, filmes, reality shows, séries, comerciais e muitos espetáculos de teatro, Al acredita no diálogo da arte com diferentes ambientes e meios de comunicação, buscando sempre entreter e educar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário